Como tirar espinhas com agulha

Já que você está decidido a espremer a espinha com agulha, siga algumas recomendações que podem evitar inflamações na sua pele.

Escrito por -


Às vezes é impossível deixar que as espinhas saiam naturalmente, não é mesmo? Por isso estamos trazendo a dica para você tirar espinhas com agulha deixando o mínimo de dano na pele.

Mesmo sabendo que não aconselhável tentar tirar uma espinha, pois existe o risco de que no lugar dela fique uma cicatriz ou mancha devido ao rompimento da pele, buscamos sempre uma solução rápida para esse problema.

A dica de hoje é bem simples e pode ser feita por você em caso de emergência, confira a seguir!

Dicas para estourar a espinha com agulha

Antes de furar, você precisa saber qual espinha pode ou não ser furada!

Apenas espinhas que você consegue ver o pus podem ser manipuladas, pois já estão na pele há algum tempo e há maneiras de removê-las sem deixar cicatriz.

Espinhas grandes, vermelhas e doloridas não devem ser espremidas, pois o risco de infecção é muito grande e você ainda pode ficar com uma cicatriz.

Leia também: Como tirar espinhas com soro fisiológico

remover espinhas
Quer tirar espinhas com agulha, veja as dicas (Foto: Fatos Desconhecidos)

Como tirar espinhas com agulha

  1. Os dedos e unhas não devem entrar em contato com a espinha, mas se for inevitável, devem estar limpos, portanto, lave bem as mãos com água morna e sabão, principalmente embaixo das unhas, que é uma grande fonte de contaminação;
  2. Como você vai furar a pele, é importante limpar a área da espinha, pois com certeza a pele vai se recuperar muito mais rápido se as bactérias não entrarem no ferimento. Para limpar, use sabão antibacteriano ou passe um algodão com álcool isopropílico, mas não esfregue muito, pois pode acabar irritando a região. Essa limpeza vai retirar óleo, suor, maquiagem e demais sujeiras que poderiam causar uma infecção;
  3. Esquente um pouco de água em uma tigela até começar a sair vapor. Fique com o rosto sobre o vapor, em uma distância suficientemente segura para não se queimar. Esta etapa fará seus poros se abrir e permitirá o sebo sair com mais facilidade, diminuindo as chances de uma cicatriz. Fique assim por aproximadamente 5 minutos;
  4. Coloque luvas descartáveis. Além de impedir que as bactérias das mãos e unhas entrem na pele, o uso de luvas também evita que as unhas afiadas marquem a pele ao aplicar pressão. Na falta de luvas, você pode cobrir os dedos com lenços limpos ou algodão;
  5. Com uma agulha esterilizada, fure apenas a parte branca da espinha, abrindo passagem para o pus sair. Coloque um dedo em baixo da espinha e outro em cima, fazendo com que ela fique entre os dedos. Aplique um pouco de pressão até que todo o pus saia. Como a pele já está rompida devido ao uso da agulha, não será necessário fazer muita força, todo o sebo sairá com pouca pressão;
  6. Limpe a região com solução ou sabonete antisséptico, para evitar infecções.
tirar espinhas com agulha
(Foto: Vix)

Veja ainda: Como usar o chá verde para tirar espinhas

Espremer espinha interna com agulha é recomendado, mas com essas dicas você pode evitar alguns problemas.

Não use creme dental para secar a espinha, isso é um mito e só vai piorar a situação. Para evitar o surgimento de novas espinhas, revise sua dieta e lave o rosto todos os dias com produtos específicos para seu tipo de pele. Se o problema com acne for recorrente, consulte um dermatologista, ele será capaz de te ajudar!



Como tirar espinhas com agulha
Avalie!