Tratamento de espinhas com antibióticos

Antibióticos funcionam a partir de mecanismos variados, dependendo das bactérias as quais se queira combater

Escrito por -


Conheça o tratamento de espinhas com antibióticos:

As acnes são um terror na vida de muitos jovens ao redor do mundo. Embora faça parte do processo natural, em específico no período da puberdade, muitos fazem de tudo para eliminá-las, principalmente das áreas do rosto, pois, falando a verdade: elas realmente incomodam muito.

O problema pode se agravar um pouco quando o período normal para ter as espinhas passa, mas elas se recusam a deixar o rosto do indivíduo, algo que pode até ocasionar transtornos por conta d a baixa autoestima. É aí que se inicia a busca por métodos alternativos para remover as espinhas, uma vez que o uso dos cremes e sabonetes convencionais não parece mais surtir efeito.

Causas da acne e tratamentos

Antibiótico para Acne
As acnes, popularmente chamadas de espinhas, são na verdade inflamações nos folículos pilosos, e seus efeitos podem derivar de diversas causas. Foto: Top-Forma

Por isso o tratamento com cremes, pomadas e sabonetes podem ser eficientes para alguns, e nem tanto para outros.

A causa mais comum do aparecimento de espinhas é o excesso de oleosidade na pele, principalmente no rosto, por conta disso o tratamento com sabonetes é o mais simples e mais eficiente para tais casos.

Identificando que o problema não foi resolvido com o uso dos sabonetes, o caminho natural é partir para os cremes e pomadas, que geralmente contém ácidos em sua composição, tratando às espinhas de uma maneira mais agressiva. É importante evitar sair no sol com tais produtos aplicados na pele, pois isso pode fazer com que surjam manchas em seu corpo.

Quando nenhum desses métodos apresenta os resultados esperados, a hipótese mais forte é de que as espinhas estão sendo sustentadas por algum tipo de bactéria – calma, não precisa se desesperar- que encontrou lugar para se disseminar em seus poros.

Leia mais:
Espinhas podem ser causadas por estresse?
Adesivo para secar espinhas funciona?

Tratamento de espinhas com antibióticos

antibiotico para acne
Foto: The Conversation

O tratamento das espinhas com antibióticos, só faz sentido para pessoas que a presentam o último perfil, uma vez que, tais medicamentos têm como função combater às bactérias e sua disseminação.

As formas mais comuns de combater as bactérias são através da:

  • Inibição da duplicação cromossômica ou da transcrição
  • Inibição da atuação de enzimas que produzem substratos essenciais para o seu metabolismo
  • Danificando a membrana que envolve a bactéria, a membrana plasmática
  • Inibindo a síntese de proteínas, fonte de energia par as bactérias
  • Impedindo que a bactéria produza a sua parede celular

Em um resumo, os antibióticos atuam na interrupção de funções que são vitais para o metabolismo dessas bactérias impedindo assim que suas colônias continuem se multiplicando.

A falta de higienização tem muito a ver com o surgimento das espinhas, podendo inclusive levar a um caso em que o uso de antibióticos seja necessário, pois, os poros malcuidados se tornam um terreno fértil para o acúmulo de impurezas e de bactérias que passarão a formar colônias e provocar assim a inflamação de seus folículos, ocasionando a acne.

Sem dúvidas o acompanhamento de um dermatologista é o melhor caminho para identificar as causas das suas espinhas, e então trata-las do jeito correto!



Tratamento de espinhas com antibióticos
Avalie!